3 de jul de 2012

Os esportes na gravidez


Saiba quando é hora de começar, parar e quais são as atividades mais recomendadas

Esportes e gravidez. A relação entre os dois faz parte do pensamento de muitas mulheres durante a gestação. Por isso, o Nove Meses de Moda foi discutir o tema com especialistas e mamães e descobriu que a união entre os dois, na medida certa, pode culminar em ótimos resultados. Para citar alguns, temos a redução de inchaços e de ganho de peso e o auxílio no pós-parto, apontados pelo <personal trainer> Leonardo Elias.
“O esporte que mais recomendo para as grávidas é a hidroginástica, pois o exercício feito na água tem menos impacto, é mais suave”, contou Leonardo. Inclusive, a hidroginástica foi a atividade física praticada pela apresentadora do Mãe é Mãe da GNT, Diana Bouth enquanto esperava o Pedro. Esportista assumida, Diana que antes da gravidez malhava cinco vezes por semana, passou a diminuir o ritmo para duas vezes até completar o sétimo mês. “Praticava hidro e outras atividades indicadas para gestantes. Depois que o Pedro nasceu, esperei o tempo estipulado pelo meu médico – pois fiz uma cesariana – e voltei a correr”, contou a apresentadora. E Diana fez certo: “a corrida é uma atividade muito boa, mas causa muito impacto. Portanto, não é uma boa opção para as grávidas”, explicou Leonardo.
O instrutor também frisou que é importante fortalecer a musculatura da gestante, mas sem exercícios de carga. “Ioga, pilates e caminhadas também são atividades indicadas”, apontou a enfermeira obstetra Mariana Faria. Ela também afirmou que podem ser praticados esportes durante toda a gravidez e que após dois meses do nascimento do bebê, a mulher pode retornar à prática, pois é quando o organismo começa a voltar ao normal. “Mas existem sinais de alerta dos quais a gestante deve se atentar e interromper os exercícios como: sangramento vaginal, perda de líquido amniótico, falta de ar, dor no peito ou de cabeça, e dor ou endurecimento das panturrilhas”, completou a enfermeira.
Outro ponto fundamental é consultar um médico e fazer uma avaliação física antes de dar início aos exercícios. “Os esportes praticados durante a gestação devem ser feitos numa intensidade leve a moderada, respeitando as especificidades de cada mulher e sempre com acompanhamento e pré-avaliação feitos por profissionais competentes”, afirmou Leonardo. A dica vale tanto para quem já tinha o hábito de praticar esportes antes da gravidez, como para quem nunca praticou.


Depois do nascimento do filho, Diana Bouth voltou às areias da praia de São Cristóvão para correr

 Hidroginástica: fortalecimento da musculatura e pouco impacto. Ideal para as futuras mamães


Beijinhos,
Lu Faria (:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!