3 de jul de 2013

A papinha do bebê

Olá mamys e futuras mammys!!

Quem me segue no Instagram sabe que participei de uma Oficina de Papinhas há algumas semanas, e como prometi vou contar tudo que aprendi, hummmm preparem o papel e a caneta porque tenho muitas dicas legais que tenho certeza que vocês vão adorar!!


Preparar a papinha para nossos bebês não é tarefa fácil, pois quem é mãe de primeira viagem como eu, com certeza tem inúmeras dúvidas e falta de criatividade...eu mesma fazia um mooooonte de perguntas para a pediatra da Sophi, mas ela me dizia sempre o básico do básico, nada de temperos,apenas uma pitadinha de sal e um fio de azeite e os ingredientes sem muita variedade, basicamente mandioquinha salsa, abóbora, batatinha e cenoura....estava caindo na mesmice, e por um acaso acabei descobrindo o blog "mães em Obra"aqui de Londrina, por sinal, super bacana, e lá fiquei interada da oficina de papinhas que haveria com a nutricionista Valéria Mortara, pra ser bem sincera, no início achei bastante caro, 150 reais por apenas 2 horinhas de curso, mas valeu super a pena, quando souber de uma próxima oficina, eu aviso com antecedência e quem tiver condições, eu super recomendo!!

Valéria Mortara - Nutricionista
www.valeriamortara.com.br

Sou defensora absoluta do aleitamento materno exclusivo até o sexto mês, porém, muitas mamães começam a alimentar seus bebês antes, devido a vida profissional. O fato é que cada caso é um caso e não estou aqui para julgar ninguém, mas quem puder amamentar o maior tempo possível amamente, a saúde do seu filho agradece!!
Bom, voltando as papinhas, o que mais gostei da oficina foi que agora me sinto mais segura na hora de prepará-la, nada como ver um profissional fazendo na sua frente....hahaha
Antes minhas papinhas saiam com gosto de comida de hospital, sem graça, agora elas estão muito mais encorpadas e saborosas, atenção para a receita:

Ingredientes: 1 dente de alho
1 pedacinho de cebola
1 pedaço de tomate picado sem semente e sem pele
1 pedaço de carne ( músculo, filé mignon, frango, peixe)
1 tipo de legume (cenoura, cabotiá, abobrinha, chuchu, beterraba, quiabo...)
1 tipo de folha (couve, brócolis, couve-flor, alface, agrião, rúcula, repolho, espinafre...)
1 tipo de tempero (cebolinha, salsinha, alho poró)
1 pitadinha de sal
1 fio de azeite ou manteiga sem sal

Modo de Preparo: Doure a carne com o alho, a cebola e o tomate. Em seguida misture os outros ingredientes picados. Cubra com água e deixe cozinhar até ficarem bem molinhos a ponto de amassar.Passe na peneira e está pronta!!

Eu preparo todos os dias uma papinha diferente, mas quem trabalha fora pode congelar também.
Procure não misturar muitos ingredientes, pois o bebê precisa conhecer o sabor de cada alimento.
Fique atenta a temperatura e evite assoprar antes de dar ao bebê.
Evite dar líquido durante as refeições.
Caso perceba que o bebê não apreciou algum alimento, fique alguns dias sem oferecer, e depois tente novamente em outra combinação.É uma questão de sensibilidade, a criança não tem obrigação de gostar de tudo, mas não podemos nos acomodar nas preferências dela, pois isso a torna muito seletiva.

É isso mammys, espero ter ajudado algumas mamães que tinham dúvida no assunto assim como eu!

Vale a pena dar uma conferida no blog da Valéria Montora!!...#ficaadica

Beijos,

Aninha
:)







3 comentários:

  1. Ola Aninha, meu bebe ja come papinha de fruta e agora com 6 meses iniciou com a salgada, mais ele nao esta aceitando muito faz ate vomito e a sophi tambem demorou a aceitar novos sabores? Mais vou insistir uma hora ele vai comer tudo com as de frutas tbm foi assim no começo.... Um bju e eu adoro seu blog sempre acompanho tudo o que você posta....um bju na linda Sophi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, no começo a Sophi também foi difícil aceitar tanto a papinha salgada como a de frutas, até hoje ela faz cara feia na primeira colherada, mas fica tranquila que com o passar do tempo ela vai aceitando melhor...
      beijos pra vc e para o baby!!

      Excluir
  2. Peneirar JAMAISSSSSS. Procure as orientações do Ministério da Saúde e verá que essa já não é a recomendação correta há muito tempo.
    Esse é o guia alimentar oficial e mais atualizado do MS.
    http://189.28.128.100/nutricao/docs/geral/enpacs_10passos.pdf

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário!